Rayes Produções Artísticas LTDA | contato@rayesproducoes.com | Rio de Janeiro | Brasil

Tel: + 55 21. 3486-7731 | + 55 21 9 9450 0516 | + 55 21 9 7602 6523 

LEITURAS DRAMATIZADAS - CLÁSSICOS NA JUSTIÇA

  • Facebook Social Icon

Ciclo de Leitura Dramatizada "Clássicos na Justiça - Uma visão do feminino na dramaturgia"

A abertura se dará com a clássica comédia grega “Lisístrata", (411 a.C.), de Aristófanes, em que mulheres se reúnem, afrontam o poder dos homens e fazem greve de sexo para acabar com a guerra; em seguida, será a vez do drama de Nora, em "Uma Casa de Bonecas" (1879), de Henik Ibsen, história que escandaliza a Europa com a sua visão sobre o lugar e o papel social da mulher no final do século XIX; na sequência, "A Profissão da Senhora Warren" (1893/1894) apresenta uma ácida crítica de Bernard Shaw aos costumes de uma hipócrita sociedade inglesa - a peça foi proibida na Inglaterra e nos Estados Unidos no início do século XX, devido ao seu caráter transgressor sobre o papel da mulher na sociedade; Ibsen encerrará o ciclo com sua fantástica e cruel "Hedda Gabbler” (1890), uma heroína fora do trilho, desviante, que ao colocar em cheque a sociedade patriarcal e seus valores hipócritas, causa um grande incômodo ao público e à crítica especializada da época: "um monstro irreal”, "uma mulher que não existe”, "uma aberração irreal”.  

A proposta é conhecer de perto essas personagens, ancestrais de todas as mulheres atuais, mas concebidas por homens.  Pois as  mulheres demoraram a ser autoras de sua própria história - pensar e escrever é uma transgressão máxima, locus sagrado do homem, lugar de conquista das mulheres no século XX. Reunimos, então, quatro diretoras que, com a sua visão feminina e feminista, do início deste século XXI, trarão voz àquelas personagens transgressoras, loucas, corajosas, “irreais". Vamos a ELAS! 

FICHA TÉCNICA

Idealização: Teatro na Justiça

Curadoria: Sílvia Monte

Diretoras: Joana Lebreiro / Morena Cattoni / Rafaela Amado / Silvia Monte

Elenco: Adriana Seiffert / Anderson Cunha 

Elisa Pinheiro / Felipe Miguel 

Gisela de Castro / Laura Nielsen 

Marcos Ácher / Paulo Japyassú 

Peter Boos / Roberto Lobo

Identidade Visual: Nena Braga
Assistente de Direção: Anderson Cunha 
Assistente de Figurino: Natália Fonseca
Operadora de Luz: Cris Ferreira 
Operadora de Som: Cacierly Tiengo 

PRODUÇÃO

Rayes Produções Artísticas

Viviani Rayes - Direção de Produção

Yashar Zambuzzi - Produção Executiva

REALIZAÇÃO

PJERJ / Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro 

CCMJ / Museu da Justiça – Centro Cultural do Poder Judiciário